Melancolia

As Bahias e a Cozinha Mineira

Compositor: Não Disponível

Eu lia e enquanto eu ia
Lia melava meu corpo de solidão
Levava minhas veias e vias
De nome alegrias
Regresso meu grito, um sepultado grão

Ele alinhava as agruras
Num corpo rasura
Usura em seus tons
E mais as tristonhas tinturas
Mais tarja, censura
Enlutando os meus dons
E nem as dondocas de agustas
Donzelas ou putas, cassinos de vegas
Coloria um rosto melado
Por dura e colado de cores de degas
E lia beijava e benzia
De brio e semblante
O beiço bulia
No bréu sibilante
Pro meu assobio
Não dá mais um piu
Um piu, piu, piu

Ela em mim me mela
Feito cola colando a tristeza em meu couro
O tempo a foice de aço
Amola prensando meu melaço sangradouro

D'ouro, mela e d'ouro
A doce cor de minha pele moura
Loiro sol, loiro insulta minha melanina
Loiro sultão que então minha dor ilumina

Mina, mina, mina
De solidão
Mina, mina, mina
De solidão
Mina, mina, mina
De solidão
Mina, mina, mina
De solidão

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital