Dama da Night

As Bahias e a Cozinha Mineira

Compositor: Não Disponível

No bueiro abaixo correm os ratos
No puleiro acima cruzam as pombas
Entre fios elétricos, pululam veados
Escondendo suas trombas

No chão de pista, apareço de salto
Frenetic, feito tigresa braga
Meto na cara maquiagem brega
Canto de galo à luz da madrugada

Sou diva, sou diva
Deusa urbana
Sou a dama da night
Sou diva, sou diva
O meu vestido é vermelho neon
Sou diva, sou diva
A paulicéia desvairada é meu site
Sou diva, sou diva
Artilharia da pesada é rímel, lápis
Com batom

No bueiro abaixo correm os ratos
No puleiro acima cruzam as pombas
Entre fios elétricos, pululam veados
Escondendo suas trombas

No chão de pista, apareço de salto (alto!)
Frenetic, feito tigresa braga
Meto na cara maquiagem brega
Canto de galo à luz da madrugada

Sou diva, sou diva
Deusa urbana
Sou a dama da night
Sou diva, sou diva
O meu vestido é vermelho neon
Sou diva, sou diva
A paulicéia desvairada é meu site
Sou diva, sou diva
Artilharia da pesada é rímel, lápis
Com batom

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital